SC tem mais ataques nesta segunda; PM diz que prendeu ou apreendeu mais de 90 desde quinta

TV Jurerê
03:00:PM - 04/Sep/2017
SC tem mais ataques nesta segunda; PM diz que prendeu ou apreendeu mais de 90 desde quinta
(Foto: Prefeitura de Joinville/ Divulgação)

Kombi foi incendiada em Joinville

04/09/2017 | 15h00

Já são mais de 40 ações registradas. Em Florianópolis, casa de policial civil aposentado foi alvejada. Joinville e Araquari tiveram incêndios em garagens das prefeituras.

Santa Catarina voltou a registrar ataques criminosos nesta segunda-feira (4). Desde a última quinta (31), bases da PM, delegacias, órgãos estaduais e municipais e casas de policiais foram atingidos em ao menos 20 cidades. São mais de 40 ações desse tipo registradas.

A Polícia Militar informou que, desde quinta-feira (31), quando teve início a Operação Mão Forte, 95 pessoas foram presas ou apreendidas, em operações simultâneas que têm envolvido 3 mil policiais. "Não existe previsão de término da operação", informou o comando geral, em nota.

Ao Bom Dia Santa Catarina, o secretário adjunto de Segurança Pública de Santa Catarina, Aldo Pinheiro D'Ávila, afirmou que os ataques "são fruto de 30 anos de diminuição dos poderes das polícias" e aumento do tráfico de drogas.

Novos ataques
Um policial civil aposentado teve a casa atingida por tiros na madrugada desta segunda-feira (4) em Florianópolis. Ele e a família estavam em casa, mas ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado às 4h no bairro Rio Vermelho. Conforme a Policia Civil, a casa foi atingida por ao menos 13 tiros.

A investigação foi encaminhada para o 8ª delegacia de Polícia Civil. Até a tarde desta segunda, ninguém havia sido preso.

Casa alvejada em Camboriú
Em Camboriú, no Litoral Norte, a Polícia Militar informou que quatro disparos foram efetuados contra a casa de parentes de um policial, por volta das 22h30 de domingo (3). Um veículo e a parede lateral foram atingidos.

Kombi queimada em Joinville
Em Joinville, uma Kombi foi incendiada dentro de um galpão da prefeitura na noite de domingo. Segundo a prefeitura, há suspeita que o ato tenha sido criminoso. Até a manhã desta segunda (4), ninguém havia sido preso.

O caso foi registrado no galpão da Subprefeitura Leste, às 20h30. O fogo foi controlado pelos bombeiros. Um outro depósito chegou a ser alvo de uma tentativa de incêndio, mas também foi controlado.

Araquari
Já na madrugada desta segunda-feira, os bombeiros registraram um incêndio em uma garagem da prefeitura, na SC-301, no bairro Itinga.

Segundo os bombeiros, o fogo se alastrou para uma pilha de tubos de PVC e em uma retroescavadeira por volta das 2h. Havia um reservatório de combustível próximo, que não chegou a ser atingido pelas chamas.

Conforme os bombeiros foram encontrados vestígios de materiais utilizados para iniciar às chamas e há suspeita de ato criminoso.

Fonte: G1