Relatório da Fatma aponta que 64,5% dos pontos avaliados em SC estão próprios para banho

TV Jurerê
04:30:PM - 21/Jan/2017
Relatório da Fatma aponta que 64,5% dos pontos avaliados em SC estão próprios para banho
Foto: Yasmine Holanda Fiorini / Agencia RBS

21/01/2016 | 16h30

O relatório de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) apresentou uma piora com relação ao último levantamento, feito na semana passado. Segundo os dados apontados nesta pesquisa, dos 214 pontos avaliados em Santa Catarina, 138 foram classificados como próprios para o banho - uma queda de 10 locais se comparado ao relatório anterior, apresentado no dia 13. O número atual corresponde a 64,5% do total. Este é o sétimo levantamento de 2017. 

Em Florianópolis, 65,3% dos pontos monitoras estão próprios para o banho, ou seja, dos 75 pontos monitorados, 49 estão aptos. Nos demais locais do Estado, 89 estão próprios, o que representa 64% do total. As coletas e análises foram feitas entre os dias 16 e 19 de janeiro. Em relação ao relatório da semana passada, 13 pontos passaram a ser impróprios e outros três passaram para próprio.

As chuvas no final do dia e na madrugada influenciam diretamente o resultado. Apesar do aumento de locais impróprios, o relatório deste ano ainda é melhor que o do mesmo período do ano passado que apresentava 135 pontos próprios — explica o técnico de laboratório da Fatma, Marlon Daniel da Silva.

Os pontos analisados são nos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Da Barra do Sul, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Já os pontos impróprios estão localizados em Garopaba, Passo de Torres, Florianópolis, Palhoça, São José, Governador Celso Ramos, Bombinhas, Porto Belo, Itapema, Balneário Camboriú, Itajaí, Navegantes, Penha, Barra Velha, Balneário da Barra Sul e São Francisco do Sul.

Como funciona a classificação
Para que a análise confirme se o ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli - presente em fezes de animais e humanos. Para obter o resultado, são necessárias ainda cinco coletas consecutivas.

Próprio
Quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local houver no máximo 800 Escherichia coli por 100 mililitros.

Impróprio
Quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, for superior a 800 Escherichia coli por 100 mililitros